Um banho de água fria
- Atualizado em 12/01/2019 05:31
O entusiasmo com que Anthony Garotinho falou sábado passado, em uma emissora de rádio, no nome de Rosinha para a disputa da Prefeitura de Campos em 2020, certamente foi arrefecido com a sentença do juiz Daniel Schiavoni Miller, titular da 4ª Vara da Fazenda Pública do Rio.
A decisão cabe recurso, mas Rosinha foi condenada por improbidade administrativa à suspensão dos direitos políticos por oito anos e ao pagamento de R$ 234 milhões de ressarcimento aos cofres públicos. A ex-governadora já disse que vai “recorrer e vencer”.
O fato é que enquanto não houver uma reversão da decisão do juiz Schiavoni, haverá, na pior das hipóteses, dúvida sobre a condição de elegibilidade de Rosinha. E diante da morosidade da Justiça, a incerteza deve se arrastar por um bom tempo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Sobre o autor

    Saulo Pessanha

    saulopessanha@fmanha.com.br